Parrots et al.

Douglas Adams, at his finest.

Os comentários estão fechados.