MAPiNET, ou não

Ao ler ontem o Que Treta!, isto chamou a atenção:

** Já devem estar bastante chateados. Parece que alguém mexericou no site deles. Experimentem ir a http://www.mapinet.org. Neste momento está redireccionado para o BTJunkie. É maldade. Não deviam fazer isto. A sério. Mas, bolas, que dá vontade de rir, isso dá…

O que acontecia era que o site da MAPiNET, um suposto movimento “cívico” contra a pirataria na internet, era sucessivamente redireccionado para outros sites, também eles virtuosos cavaleiros do Apocalipse, implacáveis na sua luta contra o flagelo da “pirataria” como o Pirate Bay, TorrentFreak, btjunkie, … dá para perceber a ideia.

Ao tentar resolver o domínio mapinet.org, era devolvido um A-record para mapinet.org, com o respectivo IP. Não era do DNS que vinha a súbita mudança de face. Fazendo repetidos acessos ao site com um sniffer a correr, rapidamente se percebe o que se passava: a resposta era sempre uma HTTP response 302 – Moved Temporarily, juntamente com a localização “actualizada” — sempre um dos sites referidos no parágrafo anterior. Simples, e bastante eficaz…

Mas não creio que isto ajude a fortalecer o argumento de que é preciso mudar muita muita coisa no que aos “direitos de autor” et al. diz respeito. Aliás, porque o se vai passar é que eles se vão fazer de vítimas, e usar isto para fortalecer o argumento do “mais copyright para salvar a indústria”, acabando por ter o efeito contrário. Mas que diabo, principalmente depois de todas os disparates e desinformação que se lê no site/blog deles (entretanto regressado à primitiva forma), “que dá vontade de rir, isso dá“.

Os comentários estão fechados.